05/08/2007

O DONO DO MAR

Alguém já passou pela experiência de ir ver no cinema um filme em lançamento e de repente ter a sensação de estar numa sessão privativa? Pois eu passei pela experiência (não a primeira da minha vida, é verdade) neste sábado, na sessão das 16:30hs do Cine Lumiere.

Dizer o que de "O Dono do Mar"? Que é ruim? Mas isso qualquer pessoa de bom senso já podia prever, antes mesmo de assistir o filme. O que não dava pra saber é que fosse TÃO RUIM...
Baseado no livro de nosso ex-presidente e "Acadêmico Imortal”, José Sarney, conta a estória desse pescador que, após o assassinato do filho, passa a lembrar de fatos de sua vida, sempre com elementos míticos e folclóricos envolvidos.
Não se sabe o que é pior, se os toscos (d)efeitos especiais, os diálogos impossíveis recitados por atores completamente perdidos, os nomes dos personagens (Antão Cristório, Querente, Quertide, Camborina, Geminiana e por ai vai), o ritmo enfadonho. O tédio total só é quebrado vez ou outra, quando uma das belas atrizes do elenco (Samara Felippo, Daniela Escobar, Isadora Ribeiro, Regiane Alves) tem uma rápida cena de nudez. Mas atenção: a sensualidade do filme é nula.
Talvez mais importante que relacionar os defeitos do “Dono do Mar", seja discutir o porquê do atual fracasso de público dos filmes nacionais. As pessoas estão fugindo do cinema brasileiro. Nem a Globo Filmes tem conseguido bons resultados com seus produtos feitos com claras intenções comerciais.
Não será um filme como este, sério candidato a pior do ano, que resolverá o problema.

15 comentários:

Graciele disse...

Sergio! Ai, amigo, desculpa,mas eu tô rindo tanto desse sua sessão terror. Mas como? Como vc, pessoa tão culta e inteligente, não desconfiou de um filme baseado em livro do célebre autor de uma das mais célebres obras da literatura brasileira, o mítico: Marimbondos de fogo? kkkkkkkkkkk
O pior é que a Globo Filmes está pondo toda fé do mundo em o primo Basílio. Juro que nçao entendo, afinal a própria Globo fez uma minissérie excepcional sobre esse mesmo livro de Eça de Queiroz!
Um beijo, querido!

Ailton disse...

Cada vez mais o cinema nacional está passando para o gueto das salas alternativas, dos espaços unibancos da vida. Mas por outro lado, acho que o nosso cinema está passando por uma fase ótima no quesito qualidade. Quanto aO PRIMO BASÍLIO, no primeiro trailer, achei que não iria ver, mas agora já estou cogitando dar uma chance pro filme, mesmo tendo quase certeza que é uma bomba. hehehe

sergio disse...

Pode rir a vontade, Graciele rs.

Claro que fui ver não esperando nada, mas também não podia imaginar que a coisa fosse daquele nível!
Sempre vou assistir um filme brasileiro com as melhores expectativas, e não raro acabo me decepcionando.
Também não entendo porque fazer Primo Basilio, ainda mais ambientando a trama na São Paulo dos anos 50. Será que não existem temas mais urgentes? Beijo!

Ailton, esse é o grande problema, nosso cinema está se limitando a guetos. Ocupamos uma fatia mínima do mercado. Concordo com você em relação a ótima qualidade, com algumas exceções, dos filmes lançados este ano, mas o público parece não estar respondendo. Mas veja o caso do Cheiro do Ralo, p.ex, que está há meses em cartaz aqui em São Paulo, prova de que nem tudo está perdido!
Abraço!

Andréa Ormond disse...

Oi, Sergio, tb morri de rir com o texto! rsrs Acho que os marimbondos de fogo poderiam ter feito uma incursão no filme, uma coisa meio cinema catástrofe, talvez animasse um pouco, pelo jeito rsrs Mas, como vc disse, na contramão dessas bombas "O Cheiro do Ralo" continua em cartaz há cinco meses, em São Paulo e no Rio. Público não falta, o que falta é filme :)

sergio disse...

Andréa, é que o filme é uma comédia, só que involuntária hehe!
É verdade, se os marimbondos tivessem invandido o filme poderíamos ter tido ao menos um exemplar trash do subgênero "revolta dos animais" :)
Cheiro do Ralo também está há 5 meses no Rio? Então, tá vendo, existe público, mas nossos cineastas não estão sabendo como conquistá-lo.
Beijos!

Moacy Cirne disse...

Comédia involuntária? Depois de ler o seu texto, fugirei desse filme como o Diabo foge da cruz. Um abraço.

sergio disse...

Moacy,fuja mesmo,não passe nem perto de um cinema que esteja exibindo o filme hehehe!

Bakemon disse...

Esses filmes nacionais são muito parecidos um com o outro. Falta coragem e ousadia para trabalhar novos temas. Estamos refém do Gilerto Gil e da Petrobras!!!!! José Sarney????? Nem de graça!!!! Coronel desgraçado que posa de vovozinho simpático e bonzinho...

sergio disse...

O cinema nacional está muito bem comportado mesmo, Bakemon. Ainda bem que temos um Claudio Assis pra dar uma agitada de vez em quando.
Gil, Petrobrás, Sarney...ninguém merece... :(

Moacy Cirne disse...

Oi, enviei hoje por sedex o dvd prometido (não tive tempo de conferir se a cópia ficou legal) e mais uma surpresa. Abraços.

sergio andrade disse...

Opa, uma surpresa? Já fiquei curioso hehe! Estou no aguardo. Valeu meu amigo, grande abraço!

Eurritimia disse...

Eu vi a pré-estréia desse filme e fiquei impressionado como o governo deixou desperdiçar dinheiro (não sei quanto) com uma porcaria dessas.
Sabe que nem prestei atenção nos nomes dos personagens? Só conseguia prestar atenção nas cenas de nudez e nos efeitos especiais toscos.
O pior é que estou catando no google pra ver os comentários sobre o filme e ninguém gostou!

ps.: eu só vi esse filme pq ganhei ingresso, nunca que eu ia pagar pra ver um treco desses! hahahaha!

sergio disse...

Pois é, Eurritimia, é dinheiro público investido num fracasso monumental!
Cada vez que eu ouvia um daqueles nomes eu gargalhava na sala, e sem problema de alguém reclamar já que tinha só eu na sessão heheh!
E coitadas das atrizes que entraram nessa canoa furada...
Se você encontrar uma pessoa que tenha gostado, por favor me avise rss. Abraço!

ps: infelizmente não tive a mesma sorte que você :(

Anônimo disse...

Tai, gostei do filme, apesar de muita coisa ser bizarra acho q um filme que aborda tema sobre "estórias de pesacador" não é pra se esperar NADA ALÉM de mitos e etc.Na verdade é pra isso que exsitem sinopses e trailler n é?

sergio disse...

Não levo em consideração comentários de quem se esconde no anonimato.

Pesquisa do Blog