17/06/2007

EXIBIÇÕES ESPECIAIS

Sexta-feira estrearam 2 filmes dirigidos por duas das melhores cineastas do momento: a dinamarquesa Susanne Bier ("Depois do Casamento") e a catalã Isabel Coixet ("A Vida Secreta das Palavras"), além do muito elogiado "Cão sem Dono", novo filme de Beto Brant (dividindo a direção com Renato Ciasca) e "Shrek Terceiro", que talvez por ser o mais sofisticado da trilogia está recebendo pauladas de todos os lados.
Continuam em cartaz vários dos melhores do ano até o momento, e a surpresa é constatar que boa parte deles é nacional: "Batismo de Sangue", "O Cheiro do Ralo", "Não por Acaso", "Proibido Proibir" e o melhor de todos, "Baixio das Bestas".
Entre os estrangeiros o simpático "Um Lugar na Platéia" e "Zodíaco", obra que redime David Fincher.
E tem vários que ainda não tive tempo de ver: "Confidencial", "Escola do Riso", "Hércules 56" e "Nome de Família" são os que mais me interessam.
Mas esse post é para falar das "Exibições Especiais", que estarão agitando a semana. Vamos a elas:

De 20/06 a 01/07 o CCBB apresenta a mostra "O Ator por trás da Câmera", cujo objetivo é "permitir a comparação entre os filmes dirigidos por atores que optaram por ser diretores e a obra de cineastas importantes por quem eles foram dirigidos."

Na terça, no CineSesc às 21:30hs, exibição de 4 curtas, 2 dos quais dirigidos pelo amigo Edú Aguilar: "Claustro" e "Lourdes - Um Conto Gótico de Terror". É preciso retirar senha com uma hora de antecedência.

A Revista Zingu parece estar fazendo escola, já que o Centro Cultural SP apresenta, de 19 a 24/06 a mostra "Francisco Cavalcanti: um cineasta e ator popular", com títulos como "Padre Pedro e a revolta das crianças", "Horas Fatais ou cabeças cortadas" e "O Porão das Condenadas", entre outros, muitos inéditos. No dia 20, às 19:00hs, acontece um debate com a presença do diretor. Imperdível!

O problema é que no mesmo dia, quase no mesmo horário, às 20:00hs (falei que a semana seria movimentada!), a Cinemateca dá início a outra mostra obrigatória: "Cinema Francês: 21 inéditos e 2 clássicos", com produções de 1998 em diante nunca lançadas comercialmente no Brasil, em cópias novas de 35mm e o melhor de tudo, legendadas em português! Confiram a programação completa aqui. Ah sim, os dois clássicos são "Pinga-Fogo", de Julien Duvivier e "As Grandes Manobras" de René Clair. Curadoria de Luiz Gonzaga.


Para terminar, quem assina o Telecine Cult tem só amanhã num horário ingrato, às 07:35hs, para conferir "Cinco Mulheres Marcadas", belo filme de Martin Ritt de 1960. As atrizes são: Silvana Mangano, Jeanne Moreau, Vera Miles, Barbara Bel Geddes e Carla Gravina. Precisa mais pra te animar a assistir?
"Cinco Mulheres Marcadas" tem pontos de contato com outro grande filme, realizado alguns anos depois, sobre o sofrimento feminino em tempos de guerra: o doloroso "La Soldatesse", obra-prima de Valerio Zurlini, que a Versátil deverá estar lançando em breve na coleção dedicada ao diretor.


8 comentários:

Graciele disse...

Sergio, adorei o post! Super informativo. Tomara que vc possa fazer isso sempre, pois me deu uma bela guiada na semana. Vi Hercules. Olha, como cinema não oferece grandes vôos não, mas se vc gosta do assunto tanto quanto eu, valerá a pena, se bem que acho que talvez assisti-lo em dvd seja melhor.
Vc viu Shrek? É isso mesmo? Poxa, vc me animou! Eu estava achando que era só mais do mesmo, mas pelo que vc escreveu parece que vale uma investida.
Adorei Zodíaco! Até baixei a trilha-sonora. Já considero um dos grandes lançamentos do ano.
Eu estou querendo ir à abertura da Mostra do Luiz Gonzaga na quarta-feira, vamos? Esse filme de estréia me interessou bastante.

Graciele disse...

Complementando:
Poderíamos tomar um cafezinho juntos como nos velhos tempos.
Beijos!

sergio disse...

Graciele, você me deu uma desanimada em relação ao Hercules hehe!Acho que vou esperar sair o DVD :)

Vi Shrek semana passada, na pré-estréia. É muito divertido e bem mais sofisticado que os outros 2 da série. Veja sim!
Zodíaco é dos grandes lançamentos do ano, sem dúvida.
E estou querendo ir na abertura da mostra da Cinemateca, o problema é que peguei uma gripe brava. Se estiver melhor até lá a gente se encontra.
Beijos!

Eduardo Aguilar disse...

Nossa! Fiquei babando por conta desse filme do Martin Ritt, um dos meus maiores ídolos! E claro, obrigado pela divulgação da sessão dos curtas, aliás, me confirma se pretende estar por lá, em caso afirmativo, irei te devolver os seus filmes q. estão comigo - rsrsrs.

sergio disse...

Ótimo filme esse, Edú, mas pessimamente tratado pelo Telecine, que já foi bom :(
Então, se estiver melhor da gripe pretendo ir, sim. Me diga uma coisa, tem algum filme seu comigo ainda? hehe

Graciele disse...

Meu comentário sumiu de novo! Estou sendo boicotada pelo administrador do blog!:D
Sergio, espero que a gente consiga se encontrar, mas tenho uma terrível notícia: adivinha quem está com uma gripe novinha em folha?
=(

Marcelo Carrard disse...

Oi SÉRGIO, ontem fui ver o DEPOIS DO CASAMENTO e gostei muito, até já comentei no Blog, vale a pena conferir. Hoje a noite estarei lá no Cinesesc para prestigiar o Edú, de repente nos vemos por lá até mais.

sergio disse...

Ih, você também,Graciele? Que coisa hein? Parece até que combinamos hehehe!

E garanto que não sou responsável por comentários desaparecidos :)

Fala, Marcelo, depois vou conferir seu comentário sobre o filme, gosto muito da diretora Susanne Bier e acho que não vou me decepcionar com esse.
Vou fazer o possível para estar presente hoje no Cinesesc.

Pesquisa do Blog