15/02/2009

MELHORES DE 2008 NA ZINGU!


Saiu a edição de fevereiro, nº 29, da Zingu!
A equipe escolheu os melhores filmes de 2008. 21 filmes foram selecionados e todos receberam pequenos comentários. Escrevi sobre "Onde os Fracos Não Tem Vez" e "Vicky Cristina Barcelona". Confiram.

Este número tem uma novidade: um especial sobre o samba feito em São Paulo.

Além disso tem a parte 6 da série Grandes Musas da Boca, com depoimentos especiais sobre Marlene França, Elizabeth Hartmann, Ana Maria Kreisler, Dalma Ribas e Arlete Montenegro; a segunda parte da ficção científica B dos anos 50 e, como sempre, muito mais!

14 comentários:

Vlademir disse...

Boa noticia, é sempre bom saber das atualizações da Zingu! Vai ser a leitura do domingo.

Sergio Andrade disse...

Tem bastante coisa pra ler, Vlademir. Boa leitura :)

Adilson Marcelino disse...

Meu caro, parabéns.
A Zingu! é demais.
Abs,

Sergio Andrade disse...

Valeu, Adilson.

E parabéns pelo seu excelente texto sobre Marlene França. Abç!

Anônimo disse...

Serjão, Adilson e todos: muito obrigado pela força em mais uma edição da nossa querida Zinguzinha, a Portuguesa Santista do jornalismo cultural brasileiro. A edição 30 promete. Aguardem!
Matheus Trunk
www.revistazingu.blogspot.com

Sergio Andrade disse...

Fala, Matheus! A edição ficou muito boa! A Zingu também pode ser comparada com o Juventus, o moleque travesso do jornalismo cultural brasileiro hehehe
E vamos pra edição 30!!!

Roberto Acioli disse...

Olá

Aquela referência de quando começou a coisa da dublagem na Itália e na Espanha eu não sabia. Tudas essas referências me interessam muito.

Além do Tarkovski (O Sacrifício) no Cinema Europeu, acabei de postar outro artigo no Cinema Italiano.

Acho até que esse também poderia ser encaixado naquela categoria de "provocação singela" aos cinéfilos: "Pasolini e o cinema de Poesia".

Confira

Grande abraço

Roberto Acioli disse...

Olá

Completei as postagens do mês em Cinema Europeu com um artigo sobre "O Espelho", de Tarkovski. Mês que vem vou atacar "Solaris", "Stalker" e "Andrei Rublev".

A propósito, fiz uma pequena complementação naquele texto sobre a dublagem, em Cinema Italiano. Tinha esquecido de colocar uma observação sobre Rossellini[está no final da parte sobre o Fellini, antes da imagens da Maria Callas/Medéia]

Grande abraço

Roberto Acioli disse...

Olá

Esqueci uma coisa. O link que você colocou para aquele texto meu sobre "A Infância de Ivan", ele não está remetendo ao texto, mas a página inicial do blog. Sendo assim, se amanhã eu postar algo sobre o Godard seu link vai mandar as poessoas para o texto errado.

Acho que para resolver isso você teria que clicar no título do texto [que é o link dele] de "A Poesia e o Cinema em Tarkovski", e colocar esse endereço no link.

Até

Sergio Andrade disse...

Já está resolvido, Roberto.

Abraço!

Roberto Acioli disse...

Olá

Desculpa, mas esse negócio de Oscar... Eu só tenho olhos para o recém lançado dvd de "Amor e Raiva" e o dvd de "O Deserto dos Tártaros", de Zurlini, que vai sair mês que vem...

Agradece ao seu amigo que elogiou alguns textos do "Cinema Italiano".

Esqueci de te avisar que seu link para o texto da dublagem em Fellini e Pasolini também está com aquele problema.

Se você clicar no seu link para esse texto, vai aparecer outro texto. É a minha postagem de hoje, sobre Salò, de Pasolini. Confira!

Grande abraço

Sergio Andrade disse...

"Amor e Raiva"? Que filme é esse? E finalmente vão lançar outro Zurlini? Estou meio desatualizado dos lançamentos em DVD. "O Deserto dos Tártaros" é belíssimo!

O link foi corrigido.

Abraço!

Roberto Acioli disse...

Olá

"Amor e Raiva" é mais um daqueles filmes tipo "Boccaccio 70" [onde você encontra o impagável "As Tentações do dr. Antônio", na minha humilde opinião, talvez uma das melhores coisas do Fellini]. Vários diretores fazendo cutas e médias-metragens sobre um tema básico.

Em "Amor e Raiva", o tema é o Evangelho. Então, Bertolucci, Bellocchio, Lizzani, Godard e Pasolini criaram algumas coisas interessantes. Mas tudo muito 1968!

Você não esboçou uma opinião sobre aquele artigo a respeito do Pasolini e o cinema de poesia [dos outros] rsrsrs

Grande abraço

Sergio Andrade disse...

Então é o "Amore e Rabbia"? Putz, nem sabia que tinham lançado esse filme :(

Eu adoro "As Tentações do dr. Antônio", com aquela Anita Ekberg gigante (e a música do Nino Rota sobre beber leite hehehe)!

Prometo depois ler o artigo sobre o Pasolini com mais atenção para dar minha opinião rsss.

Abraço!

Pesquisa do Blog